Aspectos Gerais




Conforme informações do IBGE, o município de Santa Gertrudes localiza-se na Bacia do Rio Corumbataí, situada na porção centro-leste do Estado de São Paulo, possuindo a maior parte de suas terras na Depressão Periférica Paulista.

Está circunscrito numa importante região do Estado de São Paulo, a micro região açucareira de Piracicaba, distando a 167 km por rodovia (Anhanguera e Washington Luiz) e 186 km por ferrovia (FEPASA) da Capital do Estado.

A área do município compreende cerca de 97,6 km quadrados, tendo como municípios limítrofes Rio Claro, Iracemápolis, Araras, Limeira e Ipeúna. Cordenadas geográficas: 22º 27’ 24” S de latitude e 47º 31’ 49” W de Longitude, estando a 595m acima do nível do mar.

Seu relevo é suavemente ondulado, dominado por vegetação, vindo integrar suas paisagens às do Planalto Ocidental. O solo é de formação sedimentar, constituído de camadas horizontais de gres e xistos moles. Existem alguns diques diabálicos, de onde por decomposição, provém a afamada terra roxa e a argila utilizada pelas cerâmicas, na produção de pisos. É uma região sem grandes relevos.

Santa Gertrudes apresenta um clima ameno, do tipo mesotérmico com estiagem no inverno, período chuvoso de novembro a janeiro, com precipitação média anual de 1280 mm. No verão a temperatura média varia entre 32º C e 20º C e no inverno entre 26º C e 12º C. Há exceções de um ano para o outro, devido às fortes frentes frias que atingem o estado de São Paulo.

A região é cortada por córregos, represas e poços artesianos. O córrego Santa Gertrudes e, mais 3 poços tubulares profundos abastecem o sistema de tratamento de água da cidade. A qualidade da água tratada atende a 100 % as exigências da população, somada à construção novas sub-adutoras e instalações de novo reservatório, bem como um trabalho de setorização da malha distribuidora, suprindo o município na totalidade, com fornecimento de água tratada 24 hs por dia.

 

 

Copyright 2018 Todos os Direitos Reservados | Desenvolvido por: Sino Informática.